Arquivo de Tags: MRF Motorsport

Myasava conquista pódio na última etapa do Brasileiro de Turismo

O paranaense Gustavo Myasava encerrou a temporada do Campeonato Brasileiro de Turismo com pódio. O piloto da equipe MRF Motorsport/Drugovich Peças/Hotel e Casino Acaray/Noma conquistou o quarto lugar na oitava e última rodada dupla da competição nacional, na tarde deste domingo (10) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A vitória foi de Gaetano di Mauro, que completou as 18 voltas da prova em 37m44s208.

Com o quinto lugar de hoje Gabriel Robe sagrou-se campeão, com somar 172 pontos. O vice-campeonato ficou com Gaetano di Mauro, com 160 pontos, ao passo que Gustavo Myasava se classificou em oitavo, com 114 pontos. Pedro Saderi, seu companheiro de equipese classificou em 13º lugar, com 35 pontos, mesmo só tendo estreando na quarta etapa da temporada.

Gustavo Myasava considerou um bom resultado o quarto lugar na etapa de encerramento da temporada. “Foi uma prova bem disputada e ir ao pódio foi muito bom. Pontuamos em todas as etapas da temporada. A campanha neste primeiro ano da equipe superou todas as expectativas”, frisa Gustavo Myasava.

Resultado da oitava etapa do Brasileiro de Turismo

1º) Gaetano di Mauro, 18 voltas em 37m44s208
2º) Vitor Baptista, a 4s245
3º) Pietro Rimbano, a 9.683
4º) Gustavo Myasava, a 18s462
5º) Gabriel Robe, a 20s184
6º) Raphael Abbate, a 24s034
7º) Vitor Guerin, a 28s090
8º) Giulio Borlenghi, 28s380
9º) Luca Milani, a 29s170
10º) Guto Matiazzi, 40s889
11º) Lukas Moraes, a 41s738
12º) João Rosate, a 43s222
13º) Mateus Muniz, a 54s890
14º) Gabriel Lusquinos, a 55s249
15º) Fernando Croce, a 1m52s307
16ֻº) Marco Cozzi, a 7 voltas
17º) Lucas Peres, a 17 voltas
18º) Gustavo Frigotto, a 17 voltas
19º) Tuca Antoniazzi, a 18 voltas
20º) Pedro Saderi, a 18 voltas

Classificação final do Brasileiro de Turismo
1º) Gabriel Robe, com 172 pontos
2º) Gaetano di Mauro, 160
3º) Pietro Rimbano, 138
4º) Raphael Reis, 117
5º) Luca Milani, 117
6º) Gustavo Frigotto, 115
7º) Vitor Baptista, 114
8º) Gustavo Myasava, 114
9º) Giulio Borlenghi, 99
10º) Marco Cozzi, 92
11º) Edson Coelho, 47
12º) Mateus Muniz, 42
13º) Pedro Saderi, 35
14º) Lukas Moraes, 32
15º) Lucas Peres, 29
16º) Antonio Matiazzi, 23
17º) Tuca Antoniazzi, 21
18º) Dudu Taurisano, 20
19º) Raphael Abbate, 14
20º) Fábio Fogaça, 11
21º) Raphael Campos, 8
22º) Fernando Croce, 8
23º) Vinicius Margiota, 5
24º) João Rosate, 2
25º) Renato Braga, 1
26º) Giuseppe Vecci, sem pontos

Classificação do Campeonato de Equipes
1º) W2 Racing, com 302 pontos
2º) RKL Competições, 253
3º) Motortech, 214
4º) Full Time Academy, 213
5º) MRF Motorsport, 196
6º) C2 Team, 117
7º) L3 Motorsports, 52
8º) Nascar Motorsport, 48
9º) Motorsport, 21
10º) C.A. Competições, com 20 pontos

Fotos: Vanderley Soares/Divulgação
Texto: Luiz Aparecido da Silva/Divulgação.

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

&nbsp

Estreia com pontos para o piloto Saderi na MRF

Pedro Saderi estreou na equipe MRF Motorsport/Drugovich Peças/Hotel e Casino Acaray/Noma pontuando. Depois de ter escapado da pista para não bater em um concorrente na prova de ontem, o piloto de Londrina conquistou o nono lugar na segunda prova da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo, disputada na manhã deste domingo (02) no Autódromo Internacional de Curitiba, e marcou seus primeiros quatro pontos na temporada.

Disputada com uma chuva fina, a prova teve a vitória do paulista Gaetano di Mauro, que completou as 21 voltas da prova em 37m46s966. A melhor volta da corrida foi do paranaense Gustavo Myasava, compaheiro de Saderi na MRF Motorsport/Drugovich Peças/Hotel e Casino Acaray/Noma. Na sexta volta, o vencedor da corrida de ontem fez o tempo de 1m34s160, andando à média horária de 141,2 Km/h.

Contente com sua performance no fim de semana, Pedro Saderi diz que os resultados foram satisfatórios, levando-se em conta que há três anos não andava com um carro de Turismo. “Foi um fim de semana de muito aprendizado. A equipe está de parabéns pelo trabalho e teremos bons resultados a comemorar o restante da temporada”, acentua Pedro Saderi.
A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo será disputada nos dias 22 e 23 deste mês, em Curvelo, interior de Minas Gerais.

Resultado da segunda prova de Curitiba
1º) Gaetano di Mauro, com 21 voltas em 37m46s966
2º) Gabriel Robe, a 8s656
3º) Marco Cozzi, a 23s933
4º) Pietro Rimbano, a 24s273
5º) Luca Milani, a 29s945
6º) Lukas Moraes, a 33s917
7º) Vitor Baptista, a 48s105
8º) Gustavo Frigotto, a 49s413
9º) Pedro Saderi, a 50s671
10º) Giulio Borlenghi, a 54s549
11º) Mateus Muniz, a 54s627
12º) Raphael Campos, a 1m08s105
13º) Renato Braga, a 1m21s417
14º) Antonio Matiazzi, a 1m32s218
15º) Lucas Peres, a 1 volta
16º) Raphael Reis, a 1 volta
17º) Gustavo Myasava, a 1 volta.
18º) Tuca Antoniazzi, a 2 voltas
19º) Fernando Croce, a 10 voltas.

Classificação do campeonato após quatro etapas (oito provas)
1º) Gaetano di Mauro, com 83 pontos
2º) Pietro Rimbano, 83
3º) Gabriel Robe, 82
4º) Luca Milani, 72
5º) Gustavo Frigotto, 66
6º) Gustavo Myasava, 60
7º) Raphael Reis, 54
8º) Guido Borlenghi, 54
9º) Edson Coelho, 47
10º) Mateus Muniz, 41
11º) Marco Cozzi, 34
12º) Vitor Baptista, 33
13º) Tuca Antoniazzi, 16
14º) Fábio Fogaça, 11
15º) Lukas Moraes, 11
16º) Dudu Taurisano, 8
17º) Raphael Campos, 7
18º) Pedro Saderi, 4
19º) Antonio Matiazzi, 3
20º) Lucas Peres, 3
21º) Fernando Croce, 2
22º) Renato Braga, com 1 ponto

Classificação do campeonato de equipes
1º) RKL Competições, com 149 pontos
2º) W2 Racing, 137
3º) Motortech, 123
4º) MRF Motorsport, 111
5º) Full Time Academy, 87
6º) Nascar Motorsport, 37
7º) Motorsport, 16
8º) L3 Motorsports, 6
9º) C.A. Competições, com 2 pontos

Foto: Vanderley Soares/Divulgação
Texto: Luiz Aparecido da Silva/Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Myasava avalia desempenho em Curitiba

O paranaense Gustavo Myasava deixa Curitiba com saldo positivo na 4ª etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo. O piloto da equipe MRF Motorsport/Drugovich Peças/Hotel e Casino Acaray/Noma venceu a prova de ontem e com os 20 pontos subiu de oitavo para sexto na classificação do campeonato, com 60 pontos, ficando a 23 pontos do líder Gaetano di Mauro.

Além da vitória de ontem, quando completou as 21 voltas da prova em 36s45s867, ele foi o mais rápido das duas corridas da etapa de Curitiba. Ontem percorreu os 3.695 metros do circuito curitibano em 1m26s46, média horária de 153,8 Km/h, e hoje, com pista molhada, também fez a volta mais rápida com 1m34s160, andando à média horária de 141,2 Km/h.

Como o regulamento do Brasileiro de Turismo determina que o grid da segunda prova de cada etapa é formado com a inversão da ordem de chegada da primeira prova, Gustavo Myasava, vencedor de ontem, largou em sexto na prova de hoje. No entanto, ele escapou na Curva da Vitória na largada e deixou escapar a oportunidade de brigar pela segunda vitória no fim de semana. Gustavo explica que chovia fino na hora da largada, e tentou sair forte para ganhar posições já na largada. Com a pista lisa, saiu da pista e caiu para as últimas colocações. Gustavo continuou na prova e andando forte fez a melhor volta na sexta passagem. Ele concluiu a corrida na 17ª colocação. “Arrisquei e infelizmente não deu certo. A ideia era ganhar posições e imprimir um ritmo forte para buscar a liderança logo nas primeiras voltas. Mas estou contente com a primeira vitória na categoria. Vamos trabalhar muito para que novas vitórias venham nas próximas etapas”, diz Gustavo Myasava.

Disputada com uma chuva fina, a prova teve a vitória do paulista Gaetano di Mauro, que completou as 21 voltas da prova em 37m46s966. A classificação do campeonato ficou embolada após a etapa de Curitiba. Gaetano de Mauro e Pietro Rimbano dividem a liderança, com 83 pontos cada um. Gabriel Robe é o terceiro colocado, com 82. Gustavo Myasava subiu de oitavo para sexto, com 60 pontos.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo será disputada nos dias 22 e 23 deste mês, em Curvelo, interior de Minas Gerais.

Confira o resultado da segunda prova de Curitiba
1º) Gaetano di Mauro, com 21 voltas em 37m46s966
2º) Gabriel Robe, a 8s656
3º) Marco Cozzi, a 23s933
4º) Pietro Rimbano, a 24s273
5º) Luca Milani, a 29s945
6º) Lukas Moraes, a 33s917
7º) Vitor Baptista, a 48s105
8º) Gustavo Frigotto, a 49s413
9º) Pedro Saderi, a 50s671
10º) Giulio Borlenghi, a 54s549
11º) Mateus Muniz, a 54s627
12º) Raphael Campos, a 1m08s105
13º) Renato Braga, a 1m21s417
14º) Antonio Matiazzi, a 1m32s218
15º) Lucas Peres, a 1 volta
16º) Raphael Reis, a 1 volta
17º) Gustavo Myasava, a 1 volta.
18º) Tuca Antoniazzi, a 2 voltas
19º) Fernando Croce, a 10 voltas.

Classificação do campeonato após quatro etapas (oito provas)
1º) Gaetano di Mauro, com 83 pontos
2º) Pietro Rimbano, 83
3º) Gabriel Robe, 82
4º) Luca Milani, 72
5º) Gustavo Frigotto, 66
6º) Gustavo Myasava, 60
7º) Raphael Reis, 54
8º) Guido Borlenghi, 54
9º) Edson Coelho, 47
10º) Mateus Muniz, 41
11º) Marco Cozzi, 34
12º) Vitor Baptista, 33
13º) Tuca Antoniazzi, 16
14º) Fábio Fogaça, 11
15º) Lukas Moraes, 11
16º) Dudu Taurisano, 8
17º) Raphael Campos, 7
18º) Pedro Saderi, 4
19º) Antonio Matiazzi, 3
20º) Lucas Peres, 3
21º) Fernando Croce, 2
22º) Renato Braga, com 1 ponto

Classificação do campeonato de equipes
1º) RKL Competições, com 149 pontos
2º) W2 Racing, 137
3º) Motortech, 123
4º) MRF Motorsport, 111
5º) Full Time Academy, 87
6º) Nascar Motorsport, 37
7º) Motorsport, 16
8º) L3 Motorsports, 6
9º) C.A. Competições, com 2 pontos

Foto: Vanderley Soares/Divulgação
Texto: Luiz Aparecido da Silva/Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

MRF tem novidades para a etapa do Brasileiro de Turismo em Santa Cruz

Depois de seis semanas da realização da primeira etapa, em Goiânia, o Campeonato Brasileiro de Turismo recomeça neste fim de semana em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul. A equipe paranaense MRF Motorsport chega para a segunda etapa da temporada com novidades e seus pilotos supermotivados.

A partir desta etapa a MRF tem um novo engenheiro. Experiente, Victor de Bassi chega à equipe, que tem também um novo patrocinador. A Água Mineral Sferriê se junta a Drugovich Peças e a Noma como parceiros da escuderia dos pilotos Gustavo Myasava e Edson Coelho Júnior.

Gustavo Myasava e Edson Coelho chegam a Santa Cruz com a expectativa de mais uma grande atuação da equipe. Os dois querem ir ao pódio nas duas provas. “Nestes quase 60 dais sem corrida, trabalhamos muito na sede da equipe, em Cascavel. Estou confiante”, acentua Myasava.

Já Edson Coelho, que conquistou o segundo lugar na primeira prova da etapa de Goiânia diz que as chances de vitória em Santa Cruz são promissoras. “A equipe nasceu competitiva e a meta é ir ao pódio com os dois pilotos”, frisa Coelho.

A programação do Brasileiro de Turismo em Santa Cruz do Sul começa nesta sexta-feira, com duas sessões de treinos livres, que serão realizadas das 8 às 8h40 e das 10h20 às 11 horas. Nos sábado, o warm-up será das 8h25 às 8h35, ao passo que o treino classificatório está programado para das 8h45 às 8h55. A primeira corrida da etapa gaúcha está marcada às 14h55. A segunda corrida será no domingo, com largada às 8h35.

Após a realização da primeira etapa (duas provas), a classificação do Campeonato Brasileiro de Turismo é a seguinte:
1º) Gaetano di Mauro, com 33 pontos;
2º) Vitor Baptista, 27;
3º) Pietro Rimbano, 25;
4º) Raphael Reis, 22;
5º) Edson Coelho, 16;
6º) Guido Borlenghi, 14;
7º) Gustavo Myasava, 13;
8º) Fabio Fogaça, 11;
9º) Dudu Taurisano, 8;
10º) Mateus Muniz, 7;
11º) Luca Milani, 6;
12º) Gabriel Robe, 5;
13º) Gustavo Frigotto, 4;
14º) Marco Cozzi e Tuca Antoniazzi, com 2 pontos cada um.

Texto: Luiz Aparecido da Silva
Foto: Vanderley Soares – Divulgação

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

MRF tem boa estreia no Brasileiro de Turismo

A MRF Motorsport/Drugovich Peças/Noma teve uma boa estreia no Campeonato Brasileiro de Turismo, hoje (sábado), em Goiânia. A equipe paranaense, que tem sua sede em Cascavel, colocou seus dois carros no TOP 10 do grid de largada, com o mineiro Edson Coelho na pole position e o paranaense Gustavo Myasava em sétimo. Na prova, Coelho terminou na segunda colocação e Gustavo em quinto.

Mesmo comemorando os bons resultados, todos os integrantes da escuderia tinham um pouco de frustração. Coelho largou bem, assumiu a ponta e liderou até a última volta, quando levou um toque de Gaetano di Mauro e perdeu a liderança, perdendo a poucas curvas da bandeirada final a conquista da vitória na corrida de estreia da MRF. “Infelizmente os comissários consideram a atitude do Gaetano como normal de corrida. Agora é partir para a segunda corrida, neste domingo pela manhã e tentar a vitória”, acentua Edson Coelho.

Já a quinta colocação de Gustavo Myasava foi conquista depois de muito trabalho. Ele largou em sétimo e brigou da primeira a última volta. Trocou de posições várias vezes com seus adversários e perdeu a quarta colocação para Vitor Baptista a duas voltas do fim da prova. “Foi um sufoco. Troquei de posição várias vezes. O quinto lugar significa pontos importantes para a classificação do campeonato. Na segunda prova, acredito que poderemos brigar pelas três primeiras colocações”, frisa Gustavo Myasava.

A segunda prova da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo terá sua largada às 8h35min deste domingo, com transmissão ao vivo pela SporTV2.

Resultados da 1ª prova do Brasileiro de Turismo
1º) Gaetano di Mauro, 21 voltas em 32m23s406
2º) Edson Coelho, a 5s640
3º) Raphael Reis, a 10s893
4º) Vitor Baptista, a 15s586
5º) Gustavo Myasava, a 15s759
6º) Guido Borlenghi, 24s090
7º) Luca Milani, a 24s251
8º) Pietro Rimbano, a 36s849
9º) Gabriel Robe, a 43s007
10º) Dudu Taurisano, a 57s648
11º) Marco Cozzi, a 1m02s268
12ڎ) Mateus Muniz, a 1m06s543
13º) Tuca Antoniazzi, a 1 volta
14º) Gustavo Frigotto, a 2 voltas
15º) Fernando Croce, a 13 voltas
16º) Fábio Fogaça, a 16 voltas

Texto: Luiz Aparecido da Silva
Foto: Vanderley Soares – Divulgação

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

MRF define pilotos para o Brasileiro de Turismo

A MRF Motorsport, a mais nova escuderia do automobilismo brasileiro, já tem definido seus pilotos para disputar o Campeonato Brasileiro de Turismo deste ano. A etapa de abertura da temporada de 2017 da categoria de acesso à Stock Car será disputada no dia 2 de abril, em Goiânia. O mineiro Edson Coelho e o paranaense Gustavo Myasava serão os pilotos da equipe, que tem sua sede em Cascavel, no Paraná.

Gustavo Myasava e Edson Coelho já foram parceiros de equipe em 2015, quando competiam pela J. Star. O entrosamento entre os dois será um dos trunfos a MRF para buscar o título da temporada deste ano.

Segundo Gustavo Myasava, a MRF não poderia iniciar suas atividades de melhor forma. “Eu e o Edson já nos conhecemos, temos bom relacionamento e além de parceiros de equipe em 2015, formamos dupla na Cascavel de Ouro do ano passado. Esta parceria renderá bons frutos”, frisa Gustavo.

Edson Coelho diz que optou pela MRF por ser uma escuderia nova, que nasce forte e com seus diretores empenhados e motivados para realizar um bom trabalho. “Conheci a sede da equipe, em Cascavel, quando vi de perto o trabalho sério que está sendo desenvolvido. Voltar a ter o Gustavo como parceiro será um prazer e vamos nos empenhar ao máximo para corresponder a confiança da direção da equipe”, acentua Edson Coelho.

Jorge Myasava, diretor da MRF, destaca que a Coelho e Gustavo formarão uma das duplas mais fortes desta temporada e tudo está sendo feito para que eles possam disputar o título. “Teremos dois pilotos experientes e um excelente quadro de técnicos”, diz Jorge Myasava.

 

Calendário 2017 do Brasileiro de Turismo
2 de abril – Goiânia (GO)
23 de abril – Velopark (RS)
21 de maio – Santa Cruz do Sul (RS)
9 de julho – Londrina (PR)
10 de setembro – preliminar da Corrida Do Milhão (local a ser definido)
1º de outubro – Tarumã (RS)
22 de outubro – Curitiba (PR)
10 de dezembro – São Paulo (SP)

Texto: Luiz Aparecido da Silva
Foto: Cleocinei Zonta – Divulgação

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

MRF Motorsport trabalha para abertura do Brasileiro de Turismo

A MRF Motorsport já se prepara para a abertura do Campeonato Brasileiro de Turismo, marcada para o dia 2 de abril, em Goiânia. Os trabalhos na nova equipe da categoria estão a todo vapor e a primeira decisão direção da escuderia foi confirmar os sócios Fernando Leme como chefe de equipe e Renato Tibola como chefe de desenvolvimento.

A primeira semana de Leme no cargo foi de muito trabalho. Ele acompanhou os serviços de revisão dos carros na JF, em São Paulo. “Os trabalhos prosseguem a todo vapor na sede da equipe em Cascavel, enquanto aguardamos os novos AIM MXL 2 de última geração, assim como o retorno dos chicotes e amortecedores que estão em São Paulo para revisão. Nos próximos dias deverão estar na nossa cidade o técnico contratado para montagem de toda parte elétrica e painel”, acentua Leme.

Fernando Leme e Gustavo Myasava, piloto já confirmado pela MRF para a temporada deste ano, têm uma parceria de longa dada. Leme trabalha com Gustavo desde 2009, quando assumiu a condição de preparador do jovem piloto paranaense no kart, e mais tarde como coach nos primeiros passos no automobilismo internacional na India e nos Estados Unidos.

Nos próximos dias a MRF anunciará novos técnicos e possivelmente os primeiros patrocinadores. O nome do outro piloto deve ser divulgado no próximo mês, tendo tempo para conhecer a sede da escuderia em Cascavel e se adaptar a forma de trabalho de todos os técnicos.

Calendário 2017 do Brasileiro de Turismo
2 de abril – Goiânia (GO)
23 de abril – Velopark (RS)
21 de maio – Santa Cruz do Sul (RS)
9 de julho – Londrina (PR)
10 de setembro – preliminar da Corrida Do Milhão (local a ser definido)
1º de outubro – Tarumã (RS)
22 de outubro – Curitiba (PR)
10 de dezembro – São Paulo (SP)

Foto: Orlei Silva/Divulgação
Texto: Luiz Aparecido da Silva
<h3>Copyright© 2007-2016 – <strong>carrosecorridas.com.br |</strong> Proibida a reprodução sem autorização</h3>

Gustavo Myasava aposta em equipe própria para 2017

O paranaense Gustavo Myasava vai permanecer na disputa do Campeonato Brasileiro de Turismo na próxima temporada, mas com uma motivação a mais. Ele terá equipe própria e será um dos pilotos da MRF Motorsport, com sede em Cascavel. MRF é abreviatura das primeiras letras dos nomes dos sócios da escudeira. M de Myasava, R de Renato Tibola e F de Fernando Leme.

Segundo Jorge Myasava, pai de Gustavo e diretor geral da MRF, a decisão de ter uma equipe própria é a realização de um sonho desde que iniciou no kart e que só agora pode ser concretizado. Já a escolha pela Turismo se deve ao fato de ser uma categoria de acesso à Stock Car.

“A categoria Turismo é muito competitiva, é de acesso à Stock Car, ideal para quem deseja crescer. Queremos estar na Stock Car em 2019”, frisa Jorge Myasava.

Jorge Myasava destaca também que a MRF terá a pista do Autódromo Zilmar Beux como sede. Como a temporada só começa em abril, terá tempo para escolher o segundo piloto da escuderia. “Já estamos trabalhando na estruturação da equipe e queremos dar a oportunidade de técnicos de Cascavel trabalharem em uma categoria nacional. Cascavel é uma cidade que respira automobilismo e queremos que ela seja também opção para sede de equipes. Já há pilotos interessados na segunda vaga, mas primeiro queremos definir o pacote de patrocinadores”, afirma Jorge Myasava.

Texto: Luiz Aparecido da Silva/Divulgação.

Foto: Orlei Silva/Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização