Leonardo Vieira encerra ano de aprendizado

Para ser piloto de verdade tem que ter paixão por velocidade, e para o cearense Leonardo Vieira o que não falta é paixão, por isso decidiu ingressar na categoria SuperTurismo, na qual os competidores usam um modelo protótipo fabricado no Ceará, homologado pela Confederação Brasileira de Automobilismo, equipado com motores 1.4 GM,ou seja, uma categoria onde todos tem o mesmo equipamento.

Foi por meio do Kart Indoor que Leo, como é mais conhecido, teve seus primeiros contatos com o universo das corridas, e aí o que era paixão, tornou-se amor. Em 2012 procurou algo mais emocionante, participando de um Track Day em um Autódromo, aí foi um passo para buscar algo as competições oficiais.

Neste domingo (02), no Autódromo Virgílio Távora, localizado na cidade do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza), ele encara as últimas etapas da Copa Nordeste de Automobilismo de 2017.

“Estou muito feliz com tudo que vivi este ano. Entrei na SuperTurismo andando no Autódromo da Paraíba. Lembro com bastante emoção do primeiro treino que fiz, foi na chuva! Lembro também, da minha primeira corrida, esta que me trouxe bastante emoção e surpresa por ter conquistado dois pódios. Este  ano foi de aprendizagem e de construção de um carro competitivo e confiável. No próximo ano pretendo iniciar o campeonato mais bem preparado e buscar andar forte desde o início”, afirmou.

Apesar de ser sua primeira ano no automobilismo, Leo já transita com desenvoltura não só na categoria e já mostra envolvimento na organização, comprometendo-se com o crescimento do Automobilismo Cearense e Nordestino. “Espero que o nosso automobilismo ganhe mais força ainda e se torne maior para que possamos ver o nosso autódromo com um lindo e grande grid trazendo outras categorias para disputar provas e brindar o público que nos acompanha”, disse.

Sempre com um sorriso no rosto, Leonado cativou veteranos como Maurílio Reis e Alessandro Sá. Fora das pistas é um “paizão”, busca estar ao lado da esposa Aline Vettore e do filho Felipe de quatro anos de idade. “Dedico-me 100% às pistas quando tenho compromisso, mas quando não estou com minha família, a quem agradeço o apoio, e esse é meu maior incentivo. Gosto de dividir tudo com eles. Gosto de estar em paz, com saúde para desfrutar das boas coisas da vida junto com a minha família e amigos queridos”, revelou Leonardo, que fora das pistas é Implantodontista.

Apoio:

Texto e Fotos: Robério Lessa

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização