Luca di Grassi apresenta o Audi para a quarta temporada da Fórmula E

A Audi mostrou nesta quarta(27) na sede de sua divisão esportiva na cidade de Neuburg, na Alemanha, o e-tron FE04, o primeiro carro da fabricante na Fórmula E. Ostentando o número um graças ao título conquistado pelo brasileiro Lucas di Grassi na última temporada, o bólido traz também um novo esquema de cores bastante distinto do que foi usado nos últimos anos.

A surpresa foi geral quando Lucas di Grassi entrou com o carro onde era feita a apresentação. Saem o vermelho e o amarelo das últimas duas temporadas e o carro agora vem predominantemente branco com detalhes em verde, preto e amarelo. “O carro ficou lindo, gostei muito da cor. Ficou com cara de vencedor, mas vamos ter de trabalhar bastante para conseguir chegar lá”, disse o atual campeão da Fórmula E, que segue tendo Daniel Abt como seu companheiro de equipe.

A Audi passa a ter o controle da equipe até então gerida por Hans-Jürgen Abt, que continuará como parceiro. No evento de apresentação, o diretor de motorsports da Audi, Dieter Gass, anunciou o ex-piloto Alan McNish como novo chefe de equipe da Audi Sport Abt Schaeffler. A parte técnica é desenvolvida toda pela marca das quatro argolas em parceria com a Schaeffler, principalmente em peças como motor e câmbio.

“É uma nova temporada e uma nova era que se iniciam, agora com a Audi Sport completamente envolvida com o projeto, 100%, um trem-de-força totalmente novo desenvolvido para esta temporada. Estamos bem confiantes. Pelos testes que já fizemos pudemos perceber que a melhora de desempenho foi bem acentuada em relação ao carro do último campeonato. Agora temos o equipamento certo para partir na defesa do título e brigar por mais vitórias. Entretanto, só vamos saber como estamos e o quanto o carro é bom quando encararmos os concorrentes na pista, e isso vai acontecer agora nos testes da próxima semana”, afirmou o brasileiro. A partir do dia dois de outubro, as equipes se reúnem em Valência, na Espanha, para três dias de treinos coletivos visando o início da temporada – marcado para dois de dezembro em Hong Kong.

O calendário do campeonato 2017-2018 também foi destacado por Di Grassi. Serão 14 corridas em 12 eventos, incluindo novas praças como Zurique (Suíça), Roma (Itália), Santiago (Chile) e a entrada do Brasil no mapa da categoria com a prova de São Paulo em 17 de março.

“São Paulo vai ser a prova mais interessante, sem sombra de dúvida, finalmente correndo em casa, no Brasil, tendo família, amigos e fãs bem perto. O campeonato inteiro é bem legal; são provas bem difíceis e pistas novas que ninguém conhece – isso torna a Fórmula E muito interessante no ponto de vista do formato”, apontou.

Segundo Lucas, o trabalho daqui em diante para o início da temporada será ainda mais intenso. “Os testes já nos darão um norte e aí o foco é 100% na temporada e na primeira corrida do ano”, finalizou.

Confira o calendário da temporada de 2017:
02/12 – Hong Kong
03/12 – Hong Kong
13/02 – Marrakesh, Marrocos
03/02 – Santiago, Chile
03/03 – Cidade do México, México
17/03 – São Paulo, Brasil
14/04 – Roma, Itália
28/04 – Paris, França
19/05 – Berlim, Alemanha
10/06 – Zurique, Suíça
14/07 – Nova York, Estados Unidos
15/07 – Nova York, Estados Unidos
28/07 – Montreal, Canadá
29/07 – Montreal, Canadá

Texto: Cleber Bernuci/Divulgação.
Fotos: Audi/Divulgação.

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização