Copa Truck, Kart e Coach, dando sequência ao ano agitado

Confira aqui no Carros e Corridas mais uma coluna Nas Pistas com Danilo Dirani.

E aí pessoal do site Carros e Corridas?

Aqui num intervalo entre voos, vou conseguir escrever como foram essas últimas semanas.

Resumindo: correria nesse mundo das corridas.

O que é bom demais, porque é o que gosto de fazer e onde gosto de estar.

Com os pilotos DDirani Coach Matheus Leist da Indy Lights nos EUA, Matheus Iorio da F3 EuroOpen e com o Guilherme Samaia no Inglês de F3. Praticamente tendo que descobrir a fórmula de clonagem humana para poder trabalhar de forma eficiente. Sorte de ter o mano junto nessa, para poder ajudar no trabalho.

Mesmo assim fica bem corrido, assim como para ele também que assessora e faz coach para outros pilotos.
Mas tudo funcionando muito bem e todos os pilotos crescendo e evoluindo demais nos atuais campeonatos. Eles estão em equipes fortes, atuais campeãs em seus campeonatos e nos dá ânimo para a temporada.

Iorio e Leist subiram ao pódio em seus campeonatos e com certeza são os favoritos a estarem sempre na disputa.
Samaia num campeonato difícil, pois as condições são bem diferentes do Brasil e ele, por ser o menos experiente, vem aprendendo demais! No último fim de semana de corrida em Rockinngham, disputaria o pódio com certeza, velocidade tinha para isso. Mas o conhecimento das corridas dos pilotos de lá, deram uma vantagem a eles. Mostrou que está evoluindo e é uma questão de tempo para os resultados começarem a aparecer realmente. Aqui no Brasil, venceu três das quatro corridas e está sendo um ano de muito puxado para ele.

Com o Leist na indy Lights, um campeonato difícil, tendo de comandar um carro bem maior e potente que o F3 usado na temporada passada, e numa corrida bem mais longa. É um sistema diferente e essa experiência vem com as corridas. O terceiro lugar no circuito misto de Indianápolis, veio no momento e lugar certos para o Leist. A próxima etapa é as 100 milhas de Indianápolis e agora recuperando pontos, acredito que a vitória esteja mais próxima. “Vamoooo”!

O Iorio mandou um terceiro logo em sua corrida de estreia, em Estoril. Faca nos dentes desde a largada, com várias ultrapassagens e um ritmo bom de corrida, garantiram o pódio. Bacana demais!

Até o Alonso, que aceitou o desafio de correr a Indy500, terá o trabalho de um Coach. Mais do que acertado, pois acelerar ele acelera e todo mundo sabe disso. Agora, com certeza, terá de ter alguém com experiência em corridas no oval, para ajuda-lo pois é algo totalmente diferente do que ele fez a vida toda.

Como é que ainda hoje, muita gente não entende como que é e como funciona esse trabalho?

O Alonso, no alto de toda sua bagagem entender de guiar, mas andar em um oval é diferente. Guiar embaixo ou em cima da pista, distribuição de peso do carro para hora certa, economia de gasolina e ter alguém que faça uma leitura de fora da pista, nas situações de corrida vai dar a ele mais chance nesse desafio, por isso, inteligente que é, foi buscar a ajuda de um coach experiente como o Gil de Ferran.

Vai ser bacana!

No meu lado de piloto, no kart fui campeão da Copa de Verão, da Copa SP de Shifter, mas meu equipamento não está como gostaria. Trabalhando quando consigo, já que não estou muito em SP, mas vem sendo desafiador! Corridas boas e que fazem me empenhar muito para ter bons resultados. E de alguma forma eles aparecem! Vamos para as próximas etapas, sempre com aquela vibe boa de guiar um shifter!

E a novidade do momento, é que vou voltar a guiar um caminhão de corrida, na Copa Truck! Recebi convite do Roberval Andrade a voltar a correr no Truck Scania do Corinthians e acredito muito nessa categoria.
Nunca escondi o quanto curto guiar um caminhão de corrida. Muita potência, bons freios e muito peso. A velocidade de curva também é baixa, então é uma técnica diferente de guiada.

Mas, cambio H ainda, usar embreagem para subir e descer marchas (às vezes câmbio com reduzida). Então deixa a guiada mais pura. Sensacional!!

Vai ser um ano onde a categoria vai firmar, a equipe voltando depois de um ano e meio longe das corridas e eu, desde 2014 longe do caminhão. Vai ser bacana, divertido e espero que dessa vez eu consiga me firmar em uma categoria profissional.

Hoje vivo do kart e dos pilotos que assessoro, mas gostaria de estar guiando numa categoria, em autódromos!
É como digo, pra mim é assim, quando algum trem passa, tenho que pular dentro dele e ver onde vai me levar. E pra algum lugar vai!

Mas no final, o que vale é que sei que independente do que aconteça, experiências virão, conhecerei pessoas, histórias pra contar e sei que sempre serão positivos, pois confio que minhas ações no meu dia a dia me protegem para receber coisas legais.

Obrigado a todos que torcem sempre, acompanham meu caminho e numa próxima contarei um pouco do meu início nessa vida doida de corrida.

Grande abraço!

Grande abraço e até a próxima!

DANILO DIRANI NAS PISTAS PARA POST ok

Danilo Dirani

Fotos: DDirani Coach/Indianapolis Motor Speedway – LLC Photo/IndyCar-Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização