Gustavo Frigotto segue na RKL Competições

A mesma equipe, o mesmo número e o mesmo patrocinador. Permanece tudo igual para Gustavo Frigotto no Campeonato Brasileiro de Turismo em 2017. Depois de mostrar potencial em 2016, alcançando quatro pódios e disputando constantemente a vitória, o curitibano de 22 anos seguirá por mais uma temporada na RKL Competições, equipe que tem o comando de Edson Ricarte.

Pelo quarto ano consecutivo Gustavo Frigotto terá como patrocinadora a Agua da Serra, tradicional indústria de refrigerantes do estado de Santa Catarina. A parceria começou em 2014, quando o piloto disputou a Sprint Race com as cores da marca.

“Estou muito feliz em continuar com o patrocínio da Agua da Serra. A empresa tem sido muito importante na minha carreira e no meu desejo de chegar à Stock Car. Com o apoio deles esse ano, estarei mais perto da maior categoria do automobilismo nacional”, disse Gustavo.

O curitibano também comentou um pouco sobre o ano passado e falou sobre as suas expectativas para 2017. “Mostramos uma curva de evolução muito grande na temporada passada, andamos forte desde o início do campeonato e disputamos a vitória nas últimas provas, mas os azares que tivemos não nos possibilitaram disputar o campeonato até o fim. Esse ano, se a sorte estiver ao nosso lado, vamos evoluir ainda mais e frequentemente estaremos brigando por pódios e vitórias”, concluiu.

O regulamento de 2017 do Campeonato Brasileiro de Turismo traz novidades em relação ao do ano anterior. As provas de sábado passarão a ter 25 minutos de duração, enquanto as de domingo, 30 minutos. O botão de ultrapassagem passa a ser limitado a 11 acionamentos por piloto no final de semana e estará disponível a partir da sessão classificatória. Nas corridas de domingo, a janela obrigatória de pits terá a introdução do reabastecimento, assim como ocorre na Stock Car.

Os pódios também sofreram alteração e passarão a premiar os cinco primeiros colocados, em vez dos três tradicionais. Encerrando o pacote de novidades, está a regra de lastro: Ao final de cada etapa, os quatro primeiros pilotos na classificação do campeonato terão um peso extra acrescido aos carros para a rodada dupla seguinte. O primeiro levará 80 quilos, o segundo 70, o terceiro 60 e o quarto, 50 quilos. A exceção fica na etapa final em Interlagos, onde não haverá nenhum lastro adicional.

Confira o calendário para a temporada:
1ª etapa: 02 de Abril – Goiânia (GO)
2ª etapa: 23 de Abril – Velopark (RS)
3ª etapa: 21 de Maio – Santa Cruz do Sul (RS)
4ª etapa: 09 de Julho – Londrina (PR)
5ª etapa: 10 de Setembro – Sem local definido
6ª etapa: 01 de Outubro – Tarumã (RS)
7ª etapa: 22 de Outubro – Curitiba (PR)
8ª etapa: 10 de Dezembro – Interlagos (SP)

Texto: Yuri Bascopé
Foto: Everton Rupel – Divulgação

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização